Postagens

Mostrando postagens de Dezembro, 2011

THE END

Mais um ano se finda e todos se preparam para mais um período de festas, confraternizações, ceias, felicitações, congraçamentos, etc. etc. e etc., resumindo: a mesma coisa de sempre. Que tal fazermos essas coisas mais de uma vez ao ano? Que tal a cada semestre? Ou quadrimestre? Ou, então, a cada tri? Ou bi? Melhor seria se pudéssemos festejar a vida, confraternizar-se com os amigos, colegas e familiares e felicitar e abençoar a todos diariamente. Isso não seria melhor? Não critico o momento em si, mas o fato de nos prendermos somente a esse período para agirmos com “bondade” e “bons desejos” para com os outros. Porque quantas vezes ao ano nos fechamos em nossos casulos pessoais e não damos a menor atenção para quem está ao redor? Queremos compensar o tempo perdido uma vez ao ano e, às vezes, tarde demais. Como estou cansado dessa mesma história anual, quero fazer diferente. Não vou trazer Felicitações e Cia. e sim alguns trechos da letra da música “Noite de Paz”, da extinta banda Fruto S…

A PROFESSORA SOPHIA

Imagem
-->
Por João Marcos Bezerra
Leitura Bíblica: Provérbios 8.22-36
Porque o que me acha encontra a vida e alcança favor do Senhor.(Pv 8.35)
Numa pequena Escola Técnica, num bairro pobre de uma grande cidade, havia uma professora chamada Sophia Chokmak. Ela possuía um conhecimento técnico em construção civil elevadíssimo. Tinha muitos anos de experiência com grandes arquitetos e engenheiros, inclusive o maior. Já compôs a equipe técnica de diversas obras de grande vulto no mundo. Entretanto, apesar de tanto renome, gostava de lecionar nesta escola, pois gostava de ver a mudança de vida nas pessoas. Num determinado momento de sua carreira, ela se deparou com uma turma com alunos que trabalhavam em tempo integral e “dedicavam” poucas horas da noite para assistirem as aulas. Estes mal conseguiam prestar atenção nas aulas por fadiga e muito menos estudar nos horários livres. Além disso, a turma também gostava de brincadeiras durante as aulas e não assimilava o conteúdo. Entretanto, com muit…

CONSIDERAÇÕES SOBRE A M...

Por Adriano Estevam Missionário da JOCUM Publicação autorizada por Ana Luiza Augusto
Merda... Isto seria o suficiente para espantar a primeira leva de leitores. Parariam por aqui mesmo na primeira linha. Um texto que começa com merda não pode dar em boa coisa... Mas propositadamente resolvi abordar o assunto da merda, ou talvez, a merda do assunto. Isto seria suficiente para espantar uma segunda leva de leitores: os que são impedidos de pensar em merda, e em qualquer outro assunto, apenas por causa da religiosidade pudica e malcheirosa de nossos dias. Mas se você foi capaz de resistir a dois parágrafos, de merda, acredito que juntos podemos refletir um pouco sobre um dos mais incompreendidos mistérios de nossa breve humanidade: nossa própria merda...  Com toda certeza a merda é o mais antigo indicador "psicossocial" da história humana... Se o cidadão é um canalha, é “mais ruim” que merda debaixo da unha; Se não é bom, é um merda; se deu errado, deu merda; se foi a bancarrota, foi a…