Postagens

Destaque

SÓ QUEM PODE ME JULGAR É DEUS! SERÁ?!

Imagem
por João Marcos Bezerra – jmarcoscb@gmail.com
Txt base: Mt 7.1-5

Não julguem, para que vocês não sejam julgados. Pois da mesma forma que julgarem, vocês serão julgados… (Mt 7.1,2 NVI)
Atualmente é bem comum ver as pessoas fazerem algo errado e quando alguém fala alguma coisa, o infrator se justifica logo dizendo: “ninguém pode me julgar; só quem pode me julgar é Deus”. Outros defendem alguns pregadores “cristãos” da mídia que cometem erros doutrinários grosseiros, dizendo também: “ninguém pode julgar eles; pelo menos estão ganhando almas”. Algumas destas pessoas usam Mateus 7.1 como fundamento para a frase: “Pois Jesus mesmo falou ‘não julgueis, para que não sejais julgados’”. Será que é isso mesmo? Será que o Senhor não permite o julgamento? Ou se permite qual o tipo de julgamento que é condenado neste texto de Mateus? Para começar é importante entender o termo ‘julgar’ no texto bíblico. No original grego (krino) a definição é “selecionar, escolher; ser de opinião, pensar; decretar; pron…

INIMIGOS DE DEUS

Imagem
1º TEXTO DA SÉRIE O “EVANGELHO” DE PAULO – ROMANOS
INIMIGOS DE DEUS por João Marcos Bezerra - jmarcoscb@gmail.com Texto base: Romanos 1.18-32
Tonaram-se cheios de toda sorte de injustiça, maldade, ganância e depravação… [São] inimigos de [que odeia a] Deus… (Romanos 1.29,30)
Paulo escreveu a carta de Romanos a uma igreja que ele não fundou e muito menos conhecia. Não se sabe quem foi seu fundador, mas suspeita-se que a igreja começou com os judeus que moravam em Roma, estavam presentes no episódio de Pentecostes, ouviram a pregação de Pedro sobre Jesus e se converteram. O apóstolo tinha o desejo de ir visitar esta comunidade e sentiu a necessidade de enviar uma carta a ela para declarar qual era a doutrina que ele estava ensinando. É por isso que este livro é considerado o Evangelho de Jesus Cristo segundo o apóstolo Paulo. Ele não tem o propósito de exortar ou revelar falhas da igreja romana, mas apenas mostrar o Jesus que pregava. O primeiro capítulo revela a justiça de Deus por meio da…

DESVENTURAS EM SÉRIE

Imagem

MINISTÉRIO PASTORAL, EXCELENTE OBRA MESMO?!

Imagem
Por João Marcos Bezerra
jmarcoscb@gmail.com
Texto base: 1Timóteo 3.1-7

A primeira carta de Paula a seu filho na fé Timóteo é uma das três cartas pastorais, juntamente com 2Timóteo e Tito. O apóstolo “escreveu esta epístola para encorajá-lo e instruí-lo em relação a assuntos práticos como adoração pública, as qualificações dos oficiais da igreja, e a confrontação do ensino falso na igreja” (SHEDD). Este livro também registra relações com viúvas, anciãos, escravos e mestres falsos[1] que o jovem pastor deveria lidar em seu ministério na igreja localizada na importante cidade de Éfeso. Seriam muitos desafios e Paulo teve a preocupação de deixar orientações preciosas. O terceiro capítulo da carta possui as qualificações para os pastores e diáconos na igreja; assim como em Tito 1.6-9. São elas: irrepreensível, marido de uma só mulher, sóbrio, prudente, respeitável, hospitaleiro, não beberrão, não violento, amável, pacífico e não avarento, bom administrador do lar com filhos crentes e obediente…

ROTEIRO PARA ELABORAÇÃO DE PLANEJAMENTO

Imagem
1)LEVANTAR DADOS
Investigue a história da igreja local; Converse com os pastores e líderes da igreja para conhecer a visão e projetos; Converse com os líderes anteriores do ministério para conhecer as experiências deles; Investigue o perfil da juventude; Busque conhecer as necessidades físicas, emocionais, materiais e espirituais; Conheça o histórico de ações do ministério.
2)DEFINIR O PÚBLICO ALVO Diante dos dados e informações da igreja, defina quem será o foco do ministério;
3)ESTABELECER AS DIRETRIZES Objetivo: mostre para que o projeto existe e qual o tipo de empreendimento que irá se envolver (Mt 4.19); Valores: determine o comportamento da equipe para alcançar o objetivo (1Co 13.13); Imagem: projete como será o futuro se as coisas ocorrerem como planejado (Jo 8.32); Metas: apresente a direção que devem tomar (Mt 28.19,20);

4)DETERMINAR OS PROGRAMAS A partir da definição do público alvo e dos objetivos do ministério, determine quais os programas que surgirão para atingir as metas estabelecidas…

PRECISAMOS FALAR DE SUICÍDIO NA ADOLESCÊNCIA?

Imagem
por João Marcos Bezerra – jmarcoscb@gmail.com



No segundo semestre de 2016 fui ao cinema com um grupo de adolescentes da igreja assistir ao filme Nerve, que conta a história de Vee que na busca por “provar que tem atitude” se inscreve como jogadora num “jogo online onde as pessoas precisam executar tarefas ordenadas pelos próprios participantes”, no intuito de ganhar likes e dinheiro. Quem não cumpria as tarefas ou desistia perdia tudo e passava a ser somente um observador do jogo, junto com os outros que optavam por somente observar desde o início[1]. As tarefas iam de coisas simples a ações bem desafiadoras. Depois de uma série de desafios a Vee consegue disputar a final do Nerve e a missão era um homicídio. No começo do mês de abril de 2017 “bombou” notícias sobre o ‘Desafio da Baleia Azul’, que consiste numa “série de 50 atividades que envolvem asfixia, automutilação, queimar a pele e, no extremo [e último desafio], o suicídio”[2]. Em vários casos de adolescentes suicidas no Brasil, …

VAMOS BRINCAR DE ‘SIGA O MESTRE’?

Imagem
por João Marcos Bezerra – jmarcoscb@gmail.com
Baseado nos Dias 1 e 2 da Semana 1 do livro ‘A Liderança de Jesus’ de C. Genes Wilkes
Txt base: Fp 2.5-11

Seja a atitude de vocês a mesma de Cristo Jesus… (Fp 2.5 NVI)
Quantos na infância já brincaram de ‘Siga o Mestre’ ou 'O Mestre mandou'? “O que o mestre fizer, eu farei!” era a introdução da brincadeira. Lembro que fazíamos cada “marmota” para ver os outros imitando (rsrsrs). O apóstolo Paulo nos convoca a imitarmos o verdadeiro mestre, Jesus, diversas vezes: “Sede meus imitadores, como também eu de Cristo.” (1Co 11.1); “Sede, pois, imitadores de Deus, como filhos amados” (Ef 5.1); e “Seja a atitude de vocês a mesma de Cristo Jesus” (Fp 2.5). No nosso texto base para que Paulo nos convoca a ter a mesma atitude de Jesus? O capítulo 2 de Filipenses o apóstolo convoca os irmãos a desenvolverem a unidade no corpo: “…tendo o mesmo modo de pensar, o mesmo amor, um só espírito e uma só atitude. Nada façam por ambição egoísta ou por vaidade…