Postagens

Mostrando postagens de Outubro, 2011

INFLUENCIANDO O MUNDO

Imagem
Por João Marcos Bezerra
jmarcoscb@gmail.com
Este título tem sido uma constante na minha vida. Não por eu ser um influenciador de relevância no mundo [tô longe pra caramba!], mas por ser um tema comum em vários congressos e campanhas missionárias ultimamente, e, também, por me incomodar a cada vez que o escuto ou leio. “Você tem que impactar a sua nação!”; “Você é chamado para influenciar positivamente os que estão ao ser redor!”; “Você deve ser um instrumento de Deus para transformar o mundo!”; “Você foi criado para ser um agente de transformação!”. Estas são frases constantes aos meus ouvidos e tem preenchido o meu coração: preciso fazer mais do que tenho feito, arriscar mais, amar mais, abrir mão de muitas coisas para alcançar as pessoas com o Evangelho do Reino. Quando leio o texto de João 15.16 (“Não foi você que Me escolheu, mas Eu o escolhi, e o nomeei para que vá e dê frutos…”) tenho a certeza que o Senhor me chamou para fazer mais do que tenho feito, pois fui nomeado por Ele para …

VOCÊ É O CHICO?

-->
Por João Marcos Bezerra Elaborado especialmente para o ACAMPIBN
Leitura Bíblica: Romanos 8.12-17
Pois todos os que são guiados pelo Espírito de Deus, esses são filhos de Deus.(Rm 8.14)
Num dia qualquer, num local qualquer, numa família qualquer, um jovem rapaz, chamado Chico, ouve a conversa entre seus pais e descobre que não é filho legítimo do marido da sua mãe. Com muita ira no coração, Chico se revolta contra os pais, questiona sobre o seu pai biológico e resolve sair de casa para encontrá-lo. Seu padrasto fica muito triste com a atitude do rapaz, pois desde bebê os dois viviam num relacionamento intenso de pai e filho. Sempre esteve ao lado do Chico, principalmente nos momentos mais difíceis. E por tê-lo criado, o padrasto se sentia seu pai legítimo. Mesmo com toda a graça e amor recebido do padrasto, Chico preferiu se rebelar e vagar pelo mundo afora em busca do pai “verdadeiro”, sujeito a todas as privações, medos e conflitos. Todavia, a atitude do Chico não é exclusiva dele …