PIERCING E TATUAGEM, MARCAS CONDENÁVEIS… POR QUEM?!



por João Marcos Bezerra


Para começar, aviso logo aos adeptos e simpatizantes de piercing e tatuagem que não vou defender o uso dessa arte e também aos críticos ferrenhos que também não é minha intenção aqui condenar. O propósito deste artigo é refletir se a Bíblia proíbe ou não e também quais os critérios bíblicos para o uso ou não do piercing e da tatuagem. Por isso, vou ser direto logo de cara e avisar que não há texto bíblico específico proibindo o uso dessas marcas, mas existem critérios e princípios importantes que devem ser levados em consideração.



Leia mais no livro "Escritos Modernos de um jovem sabido". Solicite já o seu pelo email jmarcoscb@gmail.com ou pelo site da Editora Koinonia.

Comentários

Vou comentar com palavras suas meu irmão:
"A Palavra de Deus deve ser o nosso único manual de fé e prática para orientar o nosso comportamento e direcionar as nossas escolhas em todas as fases da vida"
Tudo certinho no post, glória a Jesus!!
Alexandre disse…
Amém!
Alexandre disse…
Sempre bou ouvir análises sob a ótica da bíblia, e não de opinião pessoal (é assim que deveria ser sempre!).

Sobre isso tudo, vale a pena analisar a REAL razão de estar se fazendo a tatuagem ou piercing. Muitas vezes é ego, sensualidade ou algo assim. Aí, caso a caso, já se pode também ter outros embasamentos para comentar isso...


Valeu, Jão! Fica com Deus, cara! ;-)
Isadora Bastos disse…
Muito bom! Que Deus continue te usando, Pr. Jão! Que a bíblia seja sempre a nossa regra de fé e prática!
Adriano Wilker disse…
Boa reflexão, pastor JM

Creio que todos devem seguir a conduta a ser ensinada na palavra de Deus.

Postagens mais visitadas deste blog

CADMIEL: UMA HISTÓRIA SEM FIM

ALÉM DE UM PALMO DO NARIZ