DICAS PARA PEGAR GERAL

por João Marcos Bezerra

Você quer namorar sério ou só pegar geral? Quer aprender dicas para conseguir pegar o maior número de garotos (para meninas ou moças) ou garotas (para meninos ou rapazes)? Então, saca só esta postagem e aprenda o que realmente é necessário para conseguir manter um relacionamento sério e direcionado por Deus. É isso aí! Pensou que eu fosse mesmo dar dicas de como pegar geral? Sai dessa! Aprenda o que o Senhor quer da sua vida para um namoro debaixo da benção Dele.
Para começar, o que é namorar? Uma das melhores definições que li encontrei na postagem do Pr. Isaías Silva: “é um período de conhecimento mútuo de duas personalidades, entre duas pessoas do sexo oposto, com a finalidade de irem para um possível casamento; é o primeiro passo para o casamento”. Atualmente, isso rola muito por curtição e, em muitos casos, bem mais do que você imagina, o casal não pensa nem no matrimônio ou casa porque engravidou. Isto é um erro grave!
O namoro é o momento ideal para você conhecer o caráter, a personalidade, o temperamento, as crenças, a família, as intenções, os costumes e as manias e para realizar os ajustes necessários para manter uma relação harmônica. Por isso, é importante manter este relacionamento pelo tempo necessário para conhecer o futuro cônjuge. Não há um tempo mínimo e nem máximo. Costumo dizer que em poucos meses você pouco conhece o outro e em muitos anos o relacionamento pode esfriar e se tornar apenas uma simples amizade, podendo gerar um matrimônio frágil em ambos os casos.
Então, para que você comece um namoro direcionado por Deus é importante observar os seguintes requisitos:
  1. Procure alguém que tenha a mesma crença e os mesmos objetivos que você (2Co 6.14-18). Quer namorar descrente? Então, investigue: Quem é Deus para ele(a)? Qual o significado de Cristo? Ama a Deus mais do que a você? Há uma relação com o Senhor? E para namorar um cristão? Faça as mesmas perguntas porque nem sempre todos são sinceros em sua devoção;
  2. Espere o momento em que você tenha maturidade e sabedoria para entrar num relacionamento (1Co 14.20, Ec 3.1, Tg 1.4,5). Quando começa novo demais, não sabe nem o que conversar, ou o que procurar conhecer da outra pessoa, ou até mesmo como namorar;
  3. Procure a aprovação dos pais de ambos. Sem isso, há risco de perseguição, intriga, brigas familiares e entre o casal de namorados. Evite totalmente começar um namoro sem que os seus pais aprovem, pois se não houver maturidade para lidar com esta oposição e houver um casamento sem que os limites para os familiares estejam bem delimitados, o divórcio é quase certo;
  4. Evite a todo o custo o ato sexual antes do casamento (Gn 2.24, 1Co 6.15-20, 1Ts 4.3-8). Ficar em casa sozinho ou namorar no escuro?! Nem pensar! Outros motivos para não transar fora do casamento estão mais detalhados no meu estudo “Sexo Livre”; e,
  5. Principalmente, deixe Deus escolher o seu namorado (para as moças) e namorada (para os rapazes) e coloque Ele no centro do namoro como o Senhor de vocês.
Acima de tudo, para um relacionamento sério se manter no padrão divino você precisa investir em oração e leitura da Palavra para receber toda a orientação necessária Daquele que lhe conhece melhor do que qualquer outra pessoa ou você mesmo. Faça isso, separadamente. Cada um na sua! Orar junto é saudável até o momento em que não desperte uma intimidade maior que a necessária para o namoro. Lembrem-se que quanto maior a intimidade maior a atração física. Isto pode levar ao sexo fora do casamento.
Por fim, em vez de você querer dicas para pegar geral, aprenda essas dicas para começar e manter um relacionamento de namoro sério, para casar, quem sabe, e desfrute daquilo que o Senhor tem para você. Desta forma, você terá grande chance de começar um casamento que realmente “dure até que a morte os separe”.


Comentários

Blog encantador,gostei do que vi e li,e desde já lhe dou os parabéns,
também agradeço por partilhar o seu saber, se achar que merece a pena visitar o Peregrino E Servo,também se achar que mereço e se o desejar faça parte dos meus amigos virtuais faça-o de maneira a que possa encontrar o seu blog,irei seguir também o seu blog.
Deixo os meus cumprimentos, e muita paz.
Sou António Batalha.

Postagens mais visitadas deste blog

CADMIEL: UMA HISTÓRIA SEM FIM

SÓ QUEM PODE ME JULGAR É DEUS! SERÁ?!

FUSÃO NUCLEAR