SACERDÓCIO UNIVERSAL: Somos Todos Ministros de Deus


Por João Marcos Bezerra
jmarcoscb@gmail.com

DEFINIÇÃO DE SACERDÓCIO 
Do latim sacer, que significa "sagrado" e dos, dotis "dom“, ou seja, sacerdócio pode ser definido como “dom sagrado”.
É a condição de pessoas que executam as cerimônias de determinada religião dentro de um templo (cultos, ritos, pregações, ministrar leis e demais serviços ligados a crença).

VISÃO JUDAICO-CRISTÃO
Os autênticos portadores desse poder no judaísmo devem ser chamados por Deus como foi Aarão (Heb. 5:4), não se toma essa honra para si, tal como Aarão que recebeu o sacerdócio pela imposição de mãos de Moisés, seu irmão. Aarão foi chamado por Revelação e recebeu o Sacerdócio de quem o possuía;
No judaísmo o Sacerdote deve ser da Tribo de Levi e descendente de Aarão. Os demais levitas têm autoridade para exercer outras funções nas Sinagogas;
No Cristianismo, Jesus Cristo é o sumo sacerdote por excelência, o mediador entre Deus e o homem, Aquele que intercede a nosso favor;
O Ofício Sacerdotal claramente não existe no Cristianismo, este título oficialmente é atribuído a Jesus Cristo e também a todos os fiéis em caráter espiritual.

“SACERDÓCIO” CRISTÃO
Pode se definir como o poder e a autoridade de Deus concedido aos homens para o ministério da palavra e para pastorear o rebanho Dele;
É universal, isto é, todos os crentes, por intermédio de Jesus Cristo, podem oferecer a Deus sacrifícios espirituais agradáveis (Rm 12.1; Hb 13.15);
No Antigo Testamento apenas os chamados por Deus eram sacerdotes (Hb 5.4);
Após a vinda de Cristo, a igreja foi instituída e todos os seus membros se tornaram parte do sacerdócio Dele (I Pe 2.8,9).

ENTÃO…
Somos chamados ao sacerdócio de Cristo;
Temos responsabilidades dentro deste sacerdócio;
Temos também a obrigação de assumir essas responsabilidades e cumpri-las.

QUAIS AS RESPONSABILIDADE?
“Anunciar as virtudes daquele que nos chamou das trevas para a sua maravilhosa luz”. (1 Pe 2.8)
“Ide, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo; ensinando-os a guardar todas as coisas que eu vos tenho mandado...” (Mt 28.19,20a)
Usar os Dons Espirituais, dados por Deus (Rm 12.6-8; I Co 12.4-10; Ef 4.11,12)

SACERDOTES OU LÍDERES?
1)     Distribuímos os dons sagrados ou divinos? Não, essa função é do Espírito Santo.
2)     Somos ministros do culto divino, da instrução religiosa e dos sacrifícios? Não, somos instrumentos de Deus para dirigir o culto e instruir na doutrina apostólica, mas não oferecemos sacrifícios como no Antigo Testamento.
3)     Influenciamos pessoas para trabalharem animadas visando atingir objetivos comuns? Sim, essa responsabilidade é nossa através da capacitação que o Senhor nos dá através do Seu Santo Espírito.

CHAMADO DO SENHOR
CRISTO NOS CHAMA para sermos pescadores de homens, assim como Pedro e André, (Mt 4.19);
CRISTO NOS CHAMA para seguirmos o seu exemplo (Jo 13.15);
CRISTO NOS CHAMA para fazermos obras maiores do que as Dele (Jo 14.12);
CRISTO NOS CHAMA para sermos seus amigos (Jo 15.15);
CRISTO NOS CHAMA para darmos frutos (Jo 15.16)

CARATER DO LÍDER
Pastores (mentores espirituais): I Tm 3.2-7 e Tt 1.6-9;
Diáconos e Diaconisas (auxiliares do pastor, envolvidos no serviço social): I Tm 3.8-12;
Todos os crentes (influenciadores de vida): Cl 3.5-17 e Fp 4.8

SE TODOS SOMOS CHAMADOS AO SACERDÓCIO DE CRISTO, PARA INFLUCIARMOS E ALCANÇARMOS PESSOAS, POR QUE NÃO FAZEMOS A NOSSA PARTE?

PARE, PENSE E NÃO FUJA DA SUA RESPONSABILIDADE COMO SERVO DE DEUS. SEJA UM LÍDER!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

SÓ QUEM PODE ME JULGAR É DEUS! SERÁ?!

CADMIEL: UMA HISTÓRIA SEM FIM

PRECISAMOS FALAR DE SUICÍDIO NA ADOLESCÊNCIA?