LÍDERES SERVOS IGUAIS A CRISTO


Por João Marcos Bezerra
jmarcoscb@gmail.com
(Baseado nas notas e artigos de John Maxwell, nos conceitos de liderança de James Hunter, Bill Hybels e Ken Blanchard)

Há mais ou menos um ano, comecei a estudar sobre Liderança Servil e percebi que o centro desse tipo de liderança é Jesus Cristo. Até escritores não praticantes do cristianismo apontam para Ele. E é aí onde se encontra a melhor forma de liderar. Todavia, não vejo o exemplo de Cristo como um método de liderança, mas vejo sim como a única forma correta de liderar.
Inicialmente devemos entender o conceito desse tema:
1)     Segundo Hunter, “liderar é a habilidade de influenciar pessoas para trabalharem entusiasticamente visando atingir objetivos comuns, inspirando confiança por meio da força do caráter”.
2)     Outro conceito diz que o líder é o guia, o condutor, aquele que executa a função de liderança.
O líder pode tentar controlar a situação e dar ordens, desprezando a troca de idéias com os seus subordinados. Ou também pode ser aquele que entende a liderança como um chamado para servir, ser útil a outras pessoas. Esta última é denominada de Liderança Servil.

Em João 13.1-17, vemos o maior exemplo do Líder Servo. Durante a ceia, na Festa da Páscoa, não havia ninguém para lavar os pés dos participantes, conforme se exigia na tradição judaica. Então, o Mestre tomou uma bacia com água, uma toalha e um avental e fez o serviço de um escravo. Com isso, os líderes servos devem tirar algumas lições.
Primeiramente, vemos na pessoa de Cristo a motivação de servir ao próximo com amor (Jo 13.34,35), que desperta em nós uma segurança para também ser servido (Mt 10.1) sem medo de perder o cargo.
Segundo, uma característica relevante é a iniciativa que devemos ter para servir os outros e ser servido (v. 4-7).
Terceiro, é necessário que o líder cristão tenha o desejo intenso por um relacionamento com Deus (Sl 1.1,2) e ensine o ato de liderar servindo pelo próprio exemplo (Mc 9.35). Esse relacionamento com Deus o fará meditar na Palavra e obter o conhecimento necessário para aplicar e ensinar.
Quarto, o líder servo igual a Cristo terá uma vida abençoada (Cl 3.23,24), pois lidera e serve como se fosse ao Pai (IJo 4.10,11).
Como alicerce do ensino de Cristo sobre Liderança Servil esta o amor. Não o sentimental, mas em ações, conforme ICo 13 expõe. Por isso, John Maxwell expõe os sete passos a serem dados para imitar a liderança de Jesus:
1)     Colocar os outros em primeiro lugar em nossa agenda;
2)     Desenvolver confiança e segurança para assumir os riscos;
3)     Procurar por necessidades e tomar iniciativas;
4)     Realizar coisas pequenas e no anonimato;
5)     Aprender a caminhar calmamente por entre as multidões;
6)     Iniciar o dia refletindo no amor que você tem pelos outros;
7)     Desenvolver uma tendência para a ação.
Por fim, lembro que o líder servo deve buscar um apoiador de peso que é o Espírito Santo, que derrama o poder divino (At 1.8) para operar maravilhosamente na vida das pessoas, sendo eficiente em suas atribuições.
Que Deus nos capacite para liderar segundo a vontade Dele!

Comentários

Texto muito bom.
"Aquele que quiser ser o maior faça de si mesmo o servo de todos".
Com isso o Pastor será um Servo em Potencial, chamado para pastorear, chamado para servir, para visitar, para cuidar, para apascentar, para amar e ser amado.
rogbotafogo disse…
Excelente texto João, glória e honra a Deus!
Rogerio Siqueira.

Postagens mais visitadas deste blog

SÓ QUEM PODE ME JULGAR É DEUS! SERÁ?!

CADMIEL: UMA HISTÓRIA SEM FIM

PRECISAMOS FALAR DE SUICÍDIO NA ADOLESCÊNCIA?