TSUNAMI E O FIM DOS TEMPOS


Por: João Marcos Bezerra

Agora em março, mais precisamente no dia 11, ocorreu o último tsunami no Japão. Este evento “alcançou a magnitude de 8,9 [pontos] na escala sismológica de magnitude de momento” (Wikipédia), antes conhecido como Escala Richter, e teve, até o momento, 9.811 mortos e 17.541 desaparecidos registrados, onde “a maior parte dos mortos e desaparecidos é das províncias mais atingidas: Miyagi, Iwate e Fukushima (Fonte: G1). Foi uma das maiores tragédias da atualidade e deu também um prejuízo de centenas de bilhões de dólares.
Este evento natural ocorre com grande frequência em área de recorrência sísmica. Esta é decorrente de terremotos, erupções vulcânicas e outras explosões submarinas. Somente no Oceano Pacífico já ocorreu 195 tsunamis. Então, percebe-se que é um acontecimento relativamente comum na região.
Diante desse acontecimento, muitos cristãos e religiosos se recordam dos textos escatológicos da Bíblia. E eu não sou diferente. Vejo esse evento, juntamente com outros, como o cumprimento das profecias rumo ao fim dos tempos. Jesus está voltando!
No evangelho de Mateus, capítulo 24, encontra-se o Sermão Profético de Jesus, onde ele apresenta os sinais do fim dos tempos, mais precisamente dos versos 4 à 8:

Respondeu-lhes Jesus: Acautelai-vos, que ninguém vos engane. Porque muitos virão em meu nome, dizendo: Eu sou o Cristo; a muitos enganarão. E ouvireis falar de guerras e rumores de guerras; olhai não vos perturbeis; porque forçoso é que assim aconteça; mas ainda não é o fim. Porquanto se levantará nação contra nação, e reino contra reino; e haverá fomes e terremotos em vários lugares. Mas todas essas coisas são o princípio das dores.

No verso 7 diz que “haverá fomes e terremotos em vários lugares”. Como o Tsunami é causado também por abalos sísmicos submarinos, podemos relacionar um evento com o outro. Este fenômeno natural é registrado desde o final do século XIX, devastando diversas comunidades na costa dos oceanos Pacífico e Índico. Muitas pessoas morreram ou perderam todos os seus bens e parentes.
Jesus quando fez esse sermão tinha como objetivo alertar a humanidade sobre as coisas que aconteceriam antes da sua volta. Muitos esperaram o Seu retorno imediato naquela época, outros esperam e ainda outros já perderam as esperanças e não crêem mais que haverá este retorno.
Apesar da descrença de alguns, estou certo de que o fim está mais perto do que nunca. Alguns até dirão que isso é lógico. Mas os últimos acontecimentos a luz da Bíblia podem nos dá uma esclarecimento maior.
1.      Diversos homens se levantaram apresentando um outro evangelho ou caminho a Deus - “Muitos virão em meu nome” (v.5);
2.      As grandes guerras, os conflitos na África, a última guerra do Iraque, os levantes contras os ditadores árabes, tendo o Muammar al-Gaddafi na Líbia como o mais recente – “ouvireis falar de guerras e rumores de guerras… se levantará nação contra nação, e reino contra reino” (vs. 6 e 7);
3.      Fome nos países subdesenvolvidos, tendo a Somália como a mais conhecida na década de 90 – “haverá fomes… em vários lugares” (v.7);
4.      Os terremotos na Indonésia, Haiti, Chile e agora no Japão – “e terremotos em vários lugares” (v.7).
Mas isso já vem acontecendo a tantos anos – o que garante que agora é a hora? Ninguém, porque o tempo do fim não pertence a nós, mas a Deus que nos criou. “Daquele dia e hora, porém, ninguém sabe, nem os anjos do céu, nem o Filho, senão só o Pai.” (Mt 24.36).
Com isso, quero apenas destacar que os sinais têm se intensificado, as cidades são devastadas, mais vidas são dizimadas e o tempo está mudando de repente. O mundo está maluco! E o que Deus significa para você? Qual a sua relação com Cristo e as pessoas? Para onde você vai quando morrer? Jesus está voltando para buscar os seus servos e filhos de Deus. E como você se enquadra neste cenário?
Se você está longe da vontade de Deus, infelizmente você está condenado ao inferno, assim como muitos dos japoneses ateus ou agnósticos que morreram no tsunami. A solução é aceitar a Jesus Cristo como Senhor e Salvador, permitir que ele o livre do pecado (que habita em seu coração) e o faça gozar de uma vida de sucesso na presença de Deus.
Por isso, defendo que este último terremoto no Japão está diretamente ligado a profecia bíblica, quer queiram que não. Então, para onde você vai após a morte? Tome uma decisão com Cristo e ganhe a vida eterna.
Desejo que “a graça do Senhor Jesus Cristo, e o amor de Deus, e a comunhão do Espírito Santo sejam com todos” (2 Co 13.14). Amém!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

CADMIEL: UMA HISTÓRIA SEM FIM

SÓ QUEM PODE ME JULGAR É DEUS! SERÁ?!

FUSÃO NUCLEAR