A SANTIDADE

por João Marcos Bezerra
jmarcoscb@gmail.com

Portanto, também nós, uma vez que estamos rodeados por tão grande nuvem de testemunhas, livremo-nos de tudo que nos atrapalha e do pecado que nos envolve, e corramos com perseverança a corrida que nos está proposta. (Hb 12.1 NVI)

Há enxames de crentes “Raimundos” (presentes na igreja, mas vivem no mundo). Estes confessam a Cristo como Salvador, mas suas atitudes são mundanas.
Festas carnais, músicas seculares e programas de TV’s satanistas fazem parte do seu dia-a-dia. Palavrões, piadas e brincadeiras imorais, gírias impróprias ao vocabulário de um cristão saem de suas bocas com naturalidade. Roupas imorais e promíscuas fazem parte do seu guarda-roupa.
Não podemos fechar nossos olhos e achar tais atitudes normais. “Desperta, ó tu que dormes” e se liga no que a palavra diz: “Livrem-se de toda a impureza moral e da maldade que tanto prevalece, e aceitem humildemente a palavra implantada em vocês, que é poderosa para salvá-los” (Tg 1.21).
Estamos caminhando longe da santidade que Deus nos exemplificou através do Seu Filho Jesus. Por isso, muitas igrejas estão doentes, sujas e imundas pelo pecado que arrebata a humanidade.
Portanto, busquemos a santidade, imitemos a Cristo para que nos “apresentemos a Deus aprovados, como obreiros que não tem de que se envergonhar, que maneja bem a Palavra da Verdade” (II Tm 2.15).
Deus abençoe a cada um de nós! Amém!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

SÓ QUEM PODE ME JULGAR É DEUS! SERÁ?!

CADMIEL: UMA HISTÓRIA SEM FIM

PRECISAMOS FALAR DE SUICÍDIO NA ADOLESCÊNCIA?